É FUNDAMENTAL CONHECER FATORES PROMOTORES E FATORES DE RISCO PARA O
DESENVOLVIMENTO INFANTIL ADEQUADO

Sabemos que as capacidades do ser humano se modificam ao longo da vida. É um processo que se inicia desde a concepção e envolve vários aspectos: físico, neurológico, comportamental, cognitivo, social e afetivo.

"Normalidade" é uma ilusão.

A sequência de aquisições é ordenada e é igual entre os indivíduos, mas a velocidade das aquisições é diferente entre os diferentes indivíduos.

Existem variações normais do desenvolvimento típico.

ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Marcos do desenvolvimento da criança

0 a 12 meses

O bebê aprende com o corpo e o ambiente

  • Desenvolvimento motor: controle da cabeça, rolar, brincar com objetos, sentar, ficar em pé, movimento de pinça

  • Desenvolvimento sensorial: interesse pelo ambiente e pela repetição de ações que produzem resultados agradáveis

  • Desenvolvimento sócio-emocional: interação pela imitação, esconder e achar, falar e cantar, sentir o ritmo da música

12 a 24 meses

O bebê se torna uma criança 

  • Experimentação de novos comportamentos graças à maior mobilidade

  • Originalidade na resolução de problemas

  • Compreender e falar: depende do desenvolvimento cerebral e da interação social e pelos estímulos

24 a 36 meses

A criança desenvolve autonomia e independência

  • Uso de símbolos e capacidade de resolver problemas

  • Desenvolvimento rápido da linguagem 

  • Autoconsciência e interesse por outras crianças

3 a 5 anos

A criança ganha a compreensão do outro e das próprias emoções

  • Aprimoramento da memória e linguagem, ainda com imaturidade cognitiva

  • Aumento da independência, iniciativa e autocontrole

  • O brincar torna-se mais imaginativo, mais elaborado e mais social

  • Altruísmo, agressão e temor são comuns

PRINCIPAIS "SINAIS DE ALERTA"

  • Dificuldade de interação – crianças que não buscam compartilhar os interesses

  • Atraso de linguagem verbal e não verbal

  • Falta de brincadeiras imitativas

  • Interesses restritos

  • Comportamentos que atrapalham a socialização e o cotidiano: impulsividade, desatenção,

  • Baixa concentração, agressividade, medo excessivo, embotamento afetivo, irritabilidade

  • Alterações de sono

  • Distúrbios alimentares

  • Auto-agressão

  • Mudanças súbitas de comportamento e personalidade

  • Delírios, alucinações, discurso desorganizado

  • Uso de álcool e drogas

QUANDO HÁ SUSPEITA DE ATRASO OU PROBLEMA NO DESENVOLVIMENTO

 

É de extrema importância que se faça um diagnóstico preciso sobre o desenvolvimento infantil, para que não ocorram as consequências indesejáveis do rótulo de “doença” (alterando a forma com que os outros interpretam e tratam a criança e afetando sua auto-imagem) ou que o diagnóstico seja “indutor” do problema. 

Novos e velhos problemas emocionais, comportamentais e de desenvolvimento infantil: 

  • Birras e acessos de raiva

  • Tiques, manias e cacoetes

  • Transtorno do Espectro Autista (TEA)

  • Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

  • Transtorno de conduta ou Transtorno Desafiador de Oposição (TOD) 

  • Fobia Escolar ou Fobia Social

  • Transtorno de ansiedade generalizada

  • Transtorno Obsessivo-compulsivo (TOC)

  • Depressão infantil

O diagnóstico e a abordagem terapêutica são interdisciplinaresApós a confirmação do diagnóstico, como pediatra, temos o papel de coordenar e gerenciar o cuidado com a criança.

DRA. ALESSANDRA RIVETTI - CRM 141.208
Médica Pediatra, Cardiologista infantil, mãe do Bernardo e moradora de Alphaville
 
 
Como médica e como mãe, sei como é desafiador ter filhos. Por isso, valorizo o sentimento de cada mãe e procuro entender a realidade de cada família. Busco fazer diagnósticos, dar orientações e oferecer alternativas, com conhecimento e rigor científico e, acima de tudo, com ternura e compreensão.
Currículo
corakids alphaville pediatra.png
  • Instagram corakids alphaville
MENSAGEM
-

2019  por Consutti para  Dra. Alessandra Rivetti