INTERRUPÇÃO DO ARCO AÓRTICO

Cardiologia Infantil

Cardiopatia Congênita 

Na circulação normal, o sangue chega ao átrio direito do coração através das veias cavas (superior e inferior), passando para o ventrículo direito pela valva tricúspide e é bombeado até os pulmões através da artéria pulmonar. Depois de oxigenado, o sangue volta ao átrio esquerdo do coração através das veias pulmonares, passando para ventrículo esquerdo pela valva mitral, sendo bombeado para todo corpo pela aorta.

anatomia-coracao.jpg

A Interrupção do Arco Aórtico é uma cardiopatia congênita grave, em que há a obstrução total da passagem do sangue na artéria aorta. Desta forma, o sangue não consegue chegar aos demais órgãos do corpo. Outros defeitos cardíacos congênitos são comumente associados a esta patologia.

 

Pode ser diagnosticada durante a gravidez através do ecocardiograma fetal. Ao nascer ou nas primeiras horas de vida, o bebê com esta cardiopatia já apresenta cianose e dificuldade para respirar, sendo encaminhado para UTI para receber cuidados respiratórios e medicação para manutenção do canal arterial aberto, garantindo o fluxo de sangue para o corpo.

Saber do diagnóstico antes do nascimento ajuda no planejamento do parto para que todos os cuidados necessários sejam feitos imediatamente após o nascimento, além do planejamento e execução da cirurgia cardíaca assim que possível, normalmente realizada nos primeiros dias de vida.