PERSISTÊNCIA DO CANAL ARTERIAL (PCA)

Cardiologia Infantil

Cardiopatia Congênita 

Na circulação normal, o sangue chega ao átrio direito do coração através das veias cavas (superior e inferior), passando para o ventrículo direito pela valva tricúspide e é bombeado até os pulmões através da artéria pulmonar. Depois de oxigenado, o sangue volta ao átrio esquerdo do coração através das veias pulmonares, passando para ventrículo esquerdo pela valva mitral, sendo bombeado para todo corpo pela aorta.

 

Durante a gestação, existe um vaso sanguíneo que liga a aorta à artéria pulmonar, chamado canal arterial. Após o nascimento, este canal se fecha sozinho, em geral em 48 horas. Quando esse vaso não se fecha, ocorre a Persistência de Canal Arterial (PCA). Persistência quer dizer “que permaneceu aberto”.

A Persistência de Canal Arterial (PCA) é um quadro comum em bebês prematuros. Pode causar sopro cardíaco, cansaço para respirar, respiração rápida, dificuldade para ganhar peso e infecções respiratórias. 

O diagnóstico é confirmado pelo cardiologista pediátrico através da história clínica e exame físico, associados a exames complementares como ecocardiograma, eletrocardiograma e RX de tórax.

Se o PCA for grande ou não se fechar com medicação, a intervenção cirúrgica pode ser necessária, através de cateterismo cardíaco ou cirurgia cardíaca.

PUERICULTURA DE CRIANÇAS CARDIOPATAS

Damos atenção ao desenvolvimento global do bebê, criança e adolescente com cardiopatia, examinando o paciente rotineiramente e orientando a família. Além de questões básicas como cuidado com o recém-nascido, amamentação, sono, introdução alimentar, hábitos saudáveis, exame físico, crescimento, ganho de peso e outros, fazemos o acompanhamento de questões específicas como:

. Suplementação alimentar

O bebê que cansa para mamar pode ter dificuldade para ganhar peso. Se necessário, orientamos sobre a introdução de suplementos alimentares específicos, para contribuir com o desenvolvimento adequado da criança. 

. Pressão arterial e Saturação de oxigênio

Aferimos rigorosamente a pressão arterial e o nível de oxigênio no sangue da criança cardiopata em toda consulta de rotina, investigando a causa em caso de alterações. 

. Imunização e Prevenção de doenças infecciosas: 

Toda criança cardiopata tem alteração na circulação sanguínea, em sua distribuição para os pulmões e para o organismo. Por isso, se torna mais suscetível a doenças infecciosas, principalmente respiratórias, podendo piorar a doença do coração. Para prevenir complicações, orientamos sobre vacinas específicas para pacientes de risco, além das que constam no Calendário Nacional de Vacinação. 

. Saúde dental

A manutenção da saúde dos dentes da criança cardiopata é foco da nossa atenção, para prevenir o risco de endocardite (entrada de microorganismos como bactérias ou fungos em tecidos do coração).

DRA. ALESSANDRA RIVETTI - CRM 141.208
Médica Pediatra, Cardiologista infantil, mãe do Bernardo e moradora de Alphaville
 
 
Como médica e como mãe, sei como é desafiador ter filhos. Por isso, valorizo o sentimento de cada mãe e procuro entender a realidade de cada família. Busco fazer diagnósticos, dar orientações e oferecer alternativas, com conhecimento e rigor científico e, acima de tudo, com ternura e compreensão.
Currículo
corakids alphaville pediatra.png
  • Instagram corakids alphaville
MENSAGEM
-

2019  por Consutti para  Dra. Alessandra Rivetti